in

SurpresoSurpreso

PowerArt explica como as novas leis de mobilidade afetam os clássicos

Atualmente, estamos em um momento de mudança em relação às leis relacionadas à mobilidade. Tudo isso com base nas disposições da diretiva europeia sobre mobilidade sustentável, que tem impacto direto nas leis municipais das prefeituras com mais de 50.000 habitantes. Nesse sentido, surgem muitas questões que são facilmente solucionáveis ​​se recorrermos a fontes especializadas. O vídeo PowerArt mais recente sim, e por isso é absolutamente necessário vê-lo.

O uso de novas tecnologias tem permitido um melhor acesso à informação. No entanto, o reverso da moeda se reflete na facilidade com que medos e medos encontram um alto-falante nas redes. Dessa forma, é cada vez mais comum enfrentar debates acalorados onde argumentação serena há muito tempo deu lugar a dados fragmentados e tom virulento. Um fenômeno que caracteriza nossa época. Protagonista do paradoxo entre fácil acesso à informação e pouco interesse em filtrar sua qualidade.

Nesse sentido, é aconselhável fazer uma pausa e ir às fontes antes de emitir uma frase ou opinião sobre este ou aquele assunto. Especialmente quando somos pegos em uma encruzilhada de afirmações contraditórias. Exatamente o que vem acontecendo há algum tempo em relação aos veículos clássicos. Mais especificamente em restrições de uso que os novos regulamentos impõem a qualquer modelo histórico ou, simplesmente, desprovido de um determinado adesivo que garanta a adequação de suas emissões.

Por esta razão, neste momento, as publicações verificadas são de especial interesse. Justamente para evitar falsos medos como o sentido por parte dos fãs quanto ao futuro legal dos mesmos. Obviamente estamos em um período de mudanças legais em relação à mobilidade sustentável. É por isso que devemos estar atentos para falar a uma só voz na defesa de nossos veículos, mas também reconhecendo que "Há mais barulho do que realidade". Uma das conclusões alcançadas por Guillermo García em seu vídeo do canal arte do poder.

ÚLTIMAS NOTAS SOBRE A SITUAÇÃO

Acostumados ao imediatismo da manchete ou da publicação nas redes, parece que 50 minutos do nosso tempo é muito tempo para manter a atenção. No entanto, como fãs de modelos vintage, vale a pena ouvir o último post do canal PowerArt. Nele, Guillermo García entrevista Iván Vicario -Classic Cars-, Rafael Fernández -FEVA- e Javier Romagosa -Sergio Romagosa y La Escudería corretora de seguros-. Todos eles especialistas de diferentes áreas na situação do automobilismo clássico e histórico em nosso país.

Através de várias intervenções montadas com base nas explicações e narração de Guillermo García, analisa-se o impacto da diretiva europeia sobre a mobilidade sustentável. Um novo marco legal traduzido em leis de mobilidade que todos os municípios com mais de 50.000 habitantes terão que aprovar. Nelas, zonas de baixas emissões terão de ser determinadas para o qual é necessário discutir a adequação de veículos de combustão mais antigos. Nesse sentido, a primeira conclusão a ser tirada é que as limitações aos clássicos serão encontradas em termos de acesso aos centros das cidades.

Não é assim no que diz respeito às estradas, onde podemos continuar a circular com total normalidade. Por trás dessa situação está o disparidade entre o modelo estabelecido por Barcelona e o escolhido por Madrid. Este último foi alcançado após uma negociação entre a FEVA e a Câmara Municipal, garantindo maior liberdade de acesso desde que o registro histórico esteja disponível. Outro dos debates mais prementes para os fãs. Precisa saber exatamente quais são as vantagens ou desvantagens desse procedimento.

Além dessas questões, o vídeo abre um debate interessante sobre a situação jurídica que o chamado “jovens”. Muito novo para ser tratado como histórico, mas longe das limitações de emissões impostas aos modelos mais recentes. Um limbo preocupante para legislar através da gestão de medidas como possível novo registro de acordo com o porta-voz da FEVA. Dito isto, embora geralmente gostemos de publicações relacionadas a testes ou história do automobilismo, vale a pena conhecer a situação de nossos fãs graças ao último vídeo da PowerArt.

O que você acha?

foto de avatar

Escrito por Miguel Sánchez

Através das notícias de La Escudería, percorreremos as sinuosas estradas de Maranello ouvindo o rugido do V12 italiano; Percorreremos a Rota 66 em busca da potência dos grandes motores americanos; vamos nos perder nas estreitas pistas inglesas rastreando a elegância de seus carros esportivos; aceleraremos a frenagem nas curvas do Rally de Monte Carlo e até ficaremos empoeirados em uma garagem resgatando joias perdidas.

Comentários

Assine o boletim informativo

Uma vez por mês em seu correio.

Muito obrigado! Não se esqueça de confirmar sua inscrição através do e-mail que acabamos de enviar.

Algo deu errado. Por favor, tente novamente.

56.5kfãs
1.7kSeguidores
2.4kSeguidores
3.4kSeguidores