dias de herança
in

Para os Dias do Patrimônio

Como sempre, gasto tempo comigo para escrever sobre coisas que considero importantes. É o caso de Dias do Patrimônio, a realizar este fim-de-semana a nível nacional e europeu.

E quais são os Dias do Patrimônio? Infelizmente, esta é a pergunta que mais de um fã, e mais de dois e três, virão à mente neste momento. Pois eu diria que, até agora, o significado destes dias não transcendeu além dos responsáveis ​​pelos cerca de 300 clubes filiados ao Federação Espanhola de Veículos Antigos (FEVA).

E o que é FEVA? Estamos da mesma forma que no parágrafo anterior. Normalmente, no nosso país, individualista por natureza, é difícil difundir uma ideia que, pelo menos em teoria, significa união e, portanto, força perante os adversários do velho veículo. De fato, existe uma federação que, em nível estadual, reúne os clubes que querem fazer parte dela.

Hoje, mesmo com todos os seus defeitos -que para uns são muitos mas para mim não são tantos, e menos ainda com a nova portaria-, a FEVA é a única entidade capaz de defender os nossos preciosos veículos clássicos perante as Administrações Públicas, chegar a acordos com eles para que o nosso hobby seja respeitado.

Além disso, a FEVA nos mantém conectados à ação internacional por meio de sua filiação ao Federação Internacional de Veículos Antigos (FIVA), da qual é representativa em Espanha. Tudo isso -FIVA, FEVA e clubes filiados- formam um quadro hierárquico no qual os partidos têm ampla autonomia, mas cuja união é uma demonstração de força diante daqueles que, por ignorância ou ignorância, nunca por má vontade, desejam restringir nossa circulação.

Portanto, é uma pena que a maioria dos fãs não saiba de sua existência, e que eu escrevo tão tarde para incentivar nossos leitores a participarem. em sua grande convocação anual.

Foto: Alberto Ferreras

Os Dias da Herança

As Dias da Herança Normalmente, realizam-se num fim-de-semana de Setembro e no âmbito das Jornadas Europeias do Património. Hoje em dia, os veículos clássicos são festejados através de ralis e encontros nacionais que partilham o mesmo número disponibilizado pela FEVA. E, acima de tudo, o mesmo espírito com que esses encontros se apresentam como museus rolantes em que os veículos clássicos são objetos do patrimônio histórico.

Na verdade, é o que eles são e o que precisamos que a sociedade entenda para não limitar, ou mesmo proibir, sua circulação.

As Dias da Herança são celebrados este fim de semana e eles nos dão uma oportunidade única de colocar o peito para fora fazendo o que costumamos fazer: dar um passeio com o nosso clássico @ ou assistir a um rali. Com o incentivo de que, desta vez, o faremos ainda mais ansiosamente para nos reafirmarmos em nossa posição de defensores do antigo veículo.

Portanto, eu encorajo você a não parar de sair neste fim de semana e dizer a todos aqueles que podem que nosso hobby é na verdade a preservação de um importante pedaço da história. Que fazemos isso de graça para a comunidade. Que somos poucos e que, via de regra, não fazemos mais do que, digamos, 2.000 quilômetros por ano. Portanto, não há motivo para restringir nossa circulação, pelo menos fora das cidades. A sociedade perderia seu museu sobre rodas, que tanto ensina e traz boas lembranças.

Se não sabe para onde ir e é madrilenho ou arredores, a própria FEVA organizar uma reunião no domingo na sala Chanoe, que há anos tenta se tornar uma espécie de templo do veículo clássico. Sem dúvida, vale a pena conhecer; Para os interessados, fica no Município da Imagem de Pozuelo de Alarcón, próximo a Colonia Jardín. Nós estaremos lá.

Portanto, se você tem um babador ou não, Saia neste fim de semana. Além disso, se você não for afiliado a um clube, pense em fazer isso; São momentos muito bons e, além de curtir os fãs juntos, vocês recebem uma ajuda valiosa na hora de guardar nossos tesouros. E se já é sócio ou dirigente de clube, considere a possibilidade de aderir à FEVA, nem que seja para dar a impressão de que estamos bem organizados. Lembre-se sempre, unidade é força.

O que você acha?

Javier Romagosa

Escrito por Javier Romagosa

Meu nome é Javier Romagosa. Meu pai sempre foi apaixonado por veículos históricos e eu herdei seu hobby, enquanto crescia entre carros clássicos e motocicletas. Eu estudei jornalismo e continuo fazendo isso porque quero me tornar um professor universitário e mudar o mundo ... Veja mais

Comentários

Assine o boletim informativo

Uma vez por mês em seu correio.

Muito obrigado! Não se esqueça de confirmar sua inscrição através do e-mail que acabamos de enviar.

Algo deu errado. Por favor, tente novamente.

51kfãs
1.7kSeguidores
2.4kSeguidores
3.2kSeguidores