in

A apresentação da Autopía 2024 revelou grandes novidades

O tão aguardado evento automobilístico foi apresentado à imprensa esta semana, naquela que foi uma prévia perfeita do grande evento do dia 20 de abril, para o qual foram anunciadas muitas mudanças e novidades.

A terceira edição da Autopia que Será realizada no próximo sábado, dia 20 de abril de 2024, promete continuar surpreendendo e reunir ainda mais pessoas e carros, algo que os seus organizadores têm feito a cada ano que passa, à medida que continuam a melhorar e a superar-se naquele que se tornou um dos encontros mundiais do automóvel de referência em toda a Espanha.

Embora alguns dias atrás Da LA ESCUDERÍA pudemos contar algumas prévias do Autopía 2024, como os aniversários do Ford Mustang ou do Porsche 911 Turbo, pudemos assistir à apresentação do evento para a imprensa, e assim conhecer em primeira mão mais detalhes deste evento essencial. Para isso, Héctor Álvarez de Se você gosta de carros e Juan Hernández-Luike, ambos organizadores do Autopía, reuniram a mídia no Bosque del Santander, em Boadilla del Monte, onde também acontecerá o evento.

Para esta apresentação também Foram convidados alguns proprietários de veículos únicos, tendo os clássicos como claros protagonistas, o que serviu de aperitivo das joias que poderão ser vistas no dia 20 de abril. no mesmo lugar. Os participantes puderam deliciar-se com a presença de um majestoso Lagonda pré-guerra, um Porsche 356, um Taça Renault 5, ou um exclusivo Dodge 3700 GT Avenida encorpados pela Serra, que atestam a grande variedade de modelos que estarão em autopia.

NOVOS DETALHES SOBRE A III EDIÇÃO

Para esta ocasião, pretende-se demonstrar o papel que os veículos têm como peças de arte do design industrial, e além de terem mais espaço, os automóveis voltarão a ser organizados por décadas, para os enquadrar no quadro histórico em que foram fabricado. Além do mais, Será feita uma tentativa de colocar um código QR junto a cada carro no qual o proprietário poderá contar um pouco da sua história pessoal com o seu carro.

Haverá maior espaço na zona do lago, zona com cenário privilegiado reservado aos automóveis mais singulares, que este ano estarão em abundância. Também será montada uma área para veículos preparados para o circuito, uma oportunidade perfeita para vê-los fora das pistas. Museus como o Aguinaga dedicado à Mercedes-Benz ou a coleção Rolls-Royce de La Torre Loizaga contribuirão com peças para o evento.

Um dos os convidados principais serão Maurizio Corbi, designer da Pininfarina que trabalhou na modelagem do Ferrari F355, carro que completa 30 anos em 2024, e também revelará alguns dos segredos da estética de carros como o 550 Maranello. Será também comemorado o aniversário da Lamborghini, para o qual se tentará reunir todos os modelos da marca com motor V12 central, e que servirá também de homenagem ao grande Marcello gandini, que faleceu recentemente. Da mesma forma, o aniversário do Mercedes 190SL, do Ford Mustang e do Porsche 911 Turbo, entre outros, ocupará um lugar especial.

Esboço de Maurizio Corbi da Ferrari F355.
Esboço de Maurizio Corbi da Ferrari F355.

A Autopía apresenta-se como um evento adequado a todos os tipos de fãs do automobilismo e como uma forma diferente de desfrutar dos automóveis num ambiente único e encantador. Também é um ótimo plano para curtir em família, já que Um dos objetivos é que a Autopía sirva de terreno fértil para futuros entusiastas de automóveis e motos. Serão 15 food trucks para você comer lá e passar o dia inteiro no Bosque del Santander.

PERE NAVARRO PARTICIPOU DA APRESENTAÇÃO

Para a apresentação Participaram diversas autoridades, como Raúl Aranda, presidente da FEVA e Pere Navarro, diretor da DGT.. O bom relacionamento entre ambas as entidades resultou na elaboração do novos regulamentos para veículos históricos, ainda pendente de aprovação.

Pere Navarro falou durante o seu discurso sobre este tipo de veículos, aos quais apenas se referiu como históricos. Ele também comparou até que ponto a Espanha está nesta questão em comparação com outros países do ambiente europeu e descreveu o processo atual de registo de um veículo como historicamente “longo, complicado e caro”.

Pere Navarro na apresentação da Autopía 2024.
Pere Navarro na apresentação da Autopía 2024.

Acrescentou ainda que os veículos históricos ainda têm uma longa história no país e reivindicou o papel essencial que desempenham na compreensão da história do século XX e descreveu-os directamente como cultura. Por último, Apontou o que considera ser a próxima pendência que deve ser superada: a criação de um grande museu a nível nacional. Por sua vez, Raúl Aranda destacou a relevância dos clássicos populares e o trabalho em futuras leis que permitam recuperar clássicos que eram espanhóis e importar novos sem custos acrescidos como o imposto de registo de 12%, como no resto da Europa.

* Fotografias: Autopía e Mario AG

foto de avatar

Escrito por javillac

Essa coisa sobre carros vem desde a infância. Quando as outras crianças preferiam a bicicleta ou a bola, eu ficava com os carrinhos de brinquedo.
Ainda me lembro como se fosse ontem um dia em que um 1500 preto nos ultrapassou na A2, ou da primeira vez que vi um Citroën DS estacionado na rua, sempre gostei de pára-choques cromados.

Em geral, gosto de coisas de antes de eu nascer (alguns dizem que estou reencarnado), e no topo dessa lista estão os carros, que, junto com a música, fazem a combinação ideal para um momento perfeito: dirigir e trilha sonora de acordo com o carro correspondente.

Quanto aos carros, gosto de clássicos de qualquer nacionalidade e época, mas meu ponto fraco são os carros americanos dos anos 50, com suas formas e dimensões exageradas, e é por isso que muitas pessoas me conhecem como "Javillac".

Assine o boletim informativo

Uma vez por mês em seu correio.

Muito obrigado! Não se esqueça de confirmar sua inscrição através do e-mail que acabamos de enviar.

Algo deu errado. Por favor, tente novamente.

60.2kfãs
2.1kSeguidores
3.4kSeguidores
3.9kSeguidores